Possuindo um incomensurável acervo de informações históricas, passando de 11 mil assuntos (entre eles, mais de 300 dados biográficos de pioneiros santanenses e mais de 500 fotos históricas que registram o crescimento demográfico e social da cidade portuária do Amapá).



sábado, 6 de junho de 2015

06 de Junho (na História de Santana)



Em 2014, políticos e empresários amapaenses discutiram caminhos para evitar o final da ALCMS.

1950 – Através de uma Escritura Pública, a Indústria e Comércio de Minérios Ltda. (ICOMI) firma com o (então) Governo do Território Federal do Amapá, o contrato de exploração do minério de manganês na região de Serra do Navio. 

1954 – O Governo Territorial do Amapá aprova o pedido da ICOMI para a construção de um cais flutuante na região de Porto de Santana, em frente ao Canal norte do Rio Amazonas. 

1956 – Uma caravana composta de membros da Academia Paraense de Letras visita o canteiro de obras do porto da ICOMI, em Santana. A caravana estava composta pelos poetas Bruno de Menezes, José Rodrigues Pinagé, Jurandir Bezerra e Georgenor Franco. 

1963 – Em jogo amistoso realizado no Estádio Augusto Antunes (na Vila Amazonas), o Santana Esporte Clube empata com o Moto Clube de São Luís (MA) em 2 x 2. O juiz da partida foi Expedito Ferro. 

1969 – O Governo do Amapá concede a aposentadoria para a Professora Maria Ilnah Souza de Almeida, pioneira na educação santanense. 

1969 – O Padre Valentino Beligheri deixa o cargo de Coadjutor da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (nas proximidades da Vila Amazonas). 

1971 – O Bispo de Macapá Dom José Maritano benze e inaugura a Capela da Serraria do Sr. José Leitão, no Rio Matapí, dedicada à Imaculada Conceição e a São José. A referida capela está atualmente erguida dentro do distrito do Elesbão, em Santana. 

1987 – Fundado o Grêmio Literário e Cívico “Olavo Bilac” na Escola Municipal Augusto Antunes, (atual Escola Estadual Augusto Antunes) contendo 40 artigos em seu Estatuto. Seu Primeiro presidente é José Abel Ferreira de Souza. 

1998 – O cabo de tração de uma Roda Gigante (brinquedo) que estava montada no “Terreirão da Brasília” quebra e deixa toda sua estrutura descontrolada, causando pânico aos mais de 20 brincantes presentes. Ao ser contida a situação, ninguém ficou ferido. 

2006 – O navio-cargueiro “Josaphat” deixa o cais das Docas de Santana, levando cerca de 30 mil toneladas de cavacos de eucalipto comprados da Amcel. O produto segue para o porto de Mobile Bay Woodchip Center (EUA). 

2008 – Ocorre na Igreja da Assembléia de Deus de Santana, o projeto “Casamento Comunitário”, unindo 184 casais santanenses que formalizam oficialmente sua convivência conjugal de maneira civil e religiosa. O projeto é de iniciativa do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), em parceria com o Governo Estadual (através da Secretaria de Estado de Inclusão e Mobilização Social) e o Cartório Oliveira. 

2013 – Realizado no plenário da Assembleia Legislativa do Amapá, uma audiência pública com o tema “ALCMS – Sua contribuição para a economia do Amapá e perspectivas para empresas, trabalhadores e consumidores”.
A audiência foi proposta pela deputada estadual Marília Góes (PDT), onde estiveram presentes parlamentares, representantes do comércio local e a sociedade civil, cujo debate se projetou na importância da Área de Livre Comércio de Macapá e Santana (ALCMS), no seu papel para a economia local e a necessidade de prorrogar seu prazo de vigência, que estava encerrando no final de 2013, mas pôde ser estendido até 2023.

Nenhum comentário:

Postar um comentário